Fotografia de espetáculo:

técnicas para capturar emoção

João Caldas, Fotógrafo



SHELSEA SEGUIR
OUTROS PROJETOS DE SHELSEA Fotografando John Mayer e Phillip Phillips
OUTROS PROJETOS DESTE CURSO E QUE COMECE O JOGO!

O PROJETO

Fotografando John Mayer e Phillip Phillips

26 de Março de 2015 5 1
Dois espetáculos que tive grande alegria em registrar foram os shows dos músicos John Mayer e Phillip Phillips. Torci por Phillip no programa que o transformou de mero desconhecido à artista assinado por uma gravadora, e ao saber que abriria o show de um de meus músicos favoritos, no Brasil pela primeira vez, não tive dúvida de que tentaria fotografá-los.

O primeiro desafio no planejamento foi entrar com a câmera na Arena Anhembi, uma vez que qualquer aparelho que pareça mais profissional do que uma Cyber-shot costuma ser barrado na entrada para o público comum.

Felizmente, a câmera levada no dia foi uma Sony NEX-3 de 14.2MP, que apesar de usar lentes intercambiáveis, possui um corpo bem compacto. Guardei a câmera de cabeça para baixo, escondendo a lente 18-55mm e deixando apenas a pequena tela de trás visível para a revista da mochila. Entrei. Grande alívio!

Uma vez lá dentro, fiz o possível para conseguir ficar bem na região central da pista e o mais perto possível da grade.

Enquanto esperava o show começar, desativei o flash da câmera e subi o ISO, calculando que a iluminação do palco seria suficiente para dar conta dos registros. Também deixei o shutter no manual, para poder programar uma velocidade mais alta e captar os movimentos rápidos e imprevisíveis no palco.

Os outros ajustes, como abertura e foco, preferi deixar no automático, já que não conseguiria fazer muito mais do que apontar a câmera e bater a foto no momento em que a música começasse. E não deu outra... Assim que o som saiu das caixas, o desafio de simplesmente enquadrar e focar, em meio à multidão, foi o maior de todos.

Perdi muitas e muitas fotos com boas poses e enquadramentos por causa de foco, além de outras por iluminação estourada. No geral, as luzes do show do Phillip tornaram mais fácil de fazer os registros.

Ainda assim, gostei de vários dos cliques realizados, e mantive como lembrete que, apesar de querer muito eternizar o momento, não deixaria que essa experiência fotográfica fosse mais importante do que aproveitar os shows enquanto estavam acontecendo.

No fim, posso dizer que guardo lembranças dentro e fora do papel, de espetáculos incríveis dos quais tive a sorte de fazer parte.


O que você achou deste projeto?

Deixe aqui a sua mensagem



João CaldasFotógrafo

Shelsea, vc fez tudo certo !! Planejou, ajustou a camera, previu como seria a situação no show e se preparou com todo o cuidado, mas....e tem sempre um mas na vida do fotógrafo, quando a música começou vc sentiu que seria difícil conseguir boas fotos no meio da multidão pulando e cantando a sua volta.....perder muitas imagens por conta do foco e exposição é normal numa situação dessa e com esse tipo de camera, aí é que o equipamento faz a diferença....mas nas imagens que vc mostra acho que faltou uma edição melhor, com cortes e alguns ajustes - o trabalho do fotógrafo é na camera e na edição - recomendo muito o Lightroom para este trabalho, ele "salva" muitas imagens.. Bom trabalho !

19 de Agosto de 2015